(16)3023-9060

(16)99237-7869

Desencantado com os recursos de sua época, após ter perdido a esposa e três filhos, em 1874, o Doutor Andrew Taylor Still desenvolveu a teoria de que a estrutura governa a função. Valorizou a relação biomecânica as funções musculares e da circulação, criou a ciência da osteopatia, que sustenta que a causa das enfermidades reside na má circulação do sangue. Os primeiros osteopatas diziam: “Regulem a circulação do sangue e o corpo se curará sozinho”.

 

No final do século, o Doutor Daniel David Palmer propõe uma nova teoria dando a mesma importância tanto à estrutura quando a função. Já que ambas são comandadas pelo sistema nervoso, é aí, no sistema nervoso, que se deve concentrar a atenção para se conceituar o que é saúde, bem como determinar a origem da doença.

 

Sem dúvida, toda a técnica que Palmer havia desenvolvido era manipulativa por excelência e, querendo ser fiel até mesmo no nome que daria a esta nova ciência, recorreu a seu amigo reverendo Samuel Weed, professor de grego e história, que o ajudou a unir as palavras gregas cheiros = mãos - práxis = prática, ação, conduta, designa aquele que trata que cuida da pathos = doença, dor, paixão, sentimento em grafia anglo-saxônica, esta junção deu o nome a técnica de Chiropractic, que passaria a definir a cura com as mãos. A tradução literal para o português seria, portanto Quiroprática.

 

Os conceitos e os princípios que distinguem e diferenciam a filosofia da Quiropraxia de outras profissões de saúde são de grande importância para a maioria dos quiropraxistas e influenciam profundamente a atitude e a abordagem destes em relação à atenção à saúde.

 

A relação entre a estrutura, particularmente a coluna vertebral e o sistema músculo-esquelético, e a função, especialmente coordenadas pelo sistema nervoso, constitui a essência da Quiropraxia e o seu enfoque para a restauração e preservação da saúde. Hipoteticamente, consequências neurofisiológicas significativas podem ocorrer como resultado de distúrbios funcionais mecânicos da coluna vertebral, descritos pelos quiropraxistas através do termo subluxação ou complexo de subluxação. O exercício da Quiropraxia enfatiza o tratamento conservador do sistema neuro-músculo-esquelético, sem o uso de medicamentos e procedimentos cirúrgicos. Causas e consequências biopsicossociais também são fatores significativos na abordagem do paciente. Quiropraxia, profissão da saúde lida com o diagnóstico, tratamento e a prevenção das desordens do sistema neuro-músculo-esquelético.

Conceitos Básicos da Quiropraxia

A quiropraxia vem tomando parte na revolução científica dos tempos modernos. Desde que se estabeleceu como profissão, há aproximadamente cento e dez anos, tem contribuído com novos conhecimentos e conceitos ao moderno estudo de saúde e doença.

 

Foi fundamentada em quatro princípios básicos:

 

1. Relações anatômicas podem criar distúrbios funcionais no corpo.

Esta descoberta mostrou a necessidade do estudo da anatomia estrutural relacionada com a postura e os mecanismos do corpo nos problemas de saúde e doença.

 

2. Distúrbio do sistema nervoso são os principais fatores no desenvolvimento de muitas doenças.

Este conceito vem de 1895, bem antes de o mundo científico estar ciente da grande importância do sistema nervoso como causador de doenças.

 

3. Subluxações espinhais são uma causa específica da irritação dos nervos e de interferência.

Foi a quiropraxia que chamou a atenção sobre a coluna vertebral e a pélvis humana como importantes fatores nos processos das doenças. O termo subluxação vem sendo aceito por algumas áreas da medicina tradicional somente nos últimos vinte anos.

 

4. O princípio víscero-espinhal, a irritação dos nervos espinhais pode conduzir a um distúrbio na função de um ou mais órgãos internos do corpo.

Atualmente plenamente confirmado por extensas e modernas pesquisas neurológicas.

Tratamentos feitos com a Quiropraxia

A Quiropraxia trata predominantemente de problemas neuro-músculo-esquelético, ou seja, problemas articulares, de músculos, tendões, ligamentos, bursas, disco intervertebral.

 

Entretanto os princípios e a prática da Quiropraxia são muito mais abrangentes do que o tratamento da dor. Pacientes comumente experimentam outros benefícios para a saúde, tais como alívio de cólicas menstruais ou constipação intestinal crônica.

 

Desta forma, compreende-se que há uma importante correlação entre disfunções nas articulações vertebrais e o sistema locomotor, e disfunção em outros sistemas do organismo, tais como o sistema respiratório, circulatório e digestivo.

 

Algumas condições musculoesqueléticas que a Quiropraxia pode ajudar:

Hérnia de disco,

Dores nas costas (devido a gravidez),

Dor ciática,

Dores torácicas,

Dores na pelve (articulação sacro-ilíaca),

Dores no pescoço, no ombro, braço, cotovelo, punho, quadril, joelho, tornozelo, pé,

Dores de cabeça (enxaquecas/ cefaleias),

Dor devida a escolioses,

Dores musculares em geral,

Lesões esportivas

Complicações como lombalgia, cervicalgia, hérnia de disco, hérnia discal, hérnia de disco, bursite, tendinite,

Dor no joelho, ombro, tornozelo, cotovelo, punho e síndrome do túnel do carpo,

E Tratamento de todas estas condições em crianças.

^

Sobre a Creftae

Contamos com a eficiência e dedicação de profissionais como: Fisioterapeutas, Massoterapeuta, Educador Físico, Instrutores de Pilates, Acupunturista, Quiroprata, Método Kinesio Taping e Ventosaterapia, Iridólogo, Professora de Yoga, Terapeuta Ayurvédico, Aromaterapeuta, Terapeuta Reikiano, Esteticista facial e corporal.

Informações de Contato

Rua Jorge Fazolim, 406  - Nova Ribeirânia - Ribeirão Preto-SP

(16)3023-9060

(16)99237-7869

contato@creftae.com.br

Segunda à Sexta - 08:00 às 12:00 das 14:00 às 20:00h

© 2018 - Creftae - Todos os Direitos Reservados - Desenvolvido por LM Tecnologia.